» FlashSB / Notícias / Segurança
11.12.2017 - 184 clique(s)
Presidente do Sindicato Rural fala sobre a proposta dos moradores da zona rural poderem adquirir arma de fogo
 // compartilhar

Moradores da zona rural poderão ser autorizados a adquirir uma arma de fogo para utilizar na segurança de sua família e propriedade. Essa possibilidade está sendo comemorada entre os produtores de São Borja, mas ainda assim eles reivindicam algumas alterações na proposta que está sendo discutida.

A permissão está no PLS 224/2017, do senador Wilder Morais (PP-GO), aprovado pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ). A proposta modifica o Estatuto do Desarmamento (Lei 10.826/2003).

A proposição impõe algumas condições para os residentes na zona rural conquistarem o direito. Além de serem maiores de 21 anos, os interessados precisarão apresentar documento de identificação pessoal, comprovante de moradia e atestado de bons antecedentes.

Essas três exigências já são feitas para quem mora na zona rural e atua como caçador para prover a subsistência de sua família. Mas, nesse caso, o Estatuto do Desarmamento estipula a idade mínima de 25 anos para o caçador de subsistência ter o porte de arma concedido pela Polícia Federal.

O presidente do Sindicato Rural de São Borja, Viriato João Jung Vargas, comemora essa alteração e destaca que -infelizmente a polícia não tem como oferecer a segurança necessária à todas as localidades do interior, por isso é importante oferecer essa possibilidade de auto proteção aos produtores-.

Porém, Vargas discorda da necessidade de comprovação de moradia no interior, pois muitos agricultores ficam nas fazendas, mas também possuem casas nos perímetros urbanos.

-Acredito que seria mais importante autorizar a posse da arma aos agricultores, assim seria possível, por exemplo, realizar os deslocamentos da cidade até o campo com a arma. Muitas vezes precisamos descer dos veículos para abrir porteiras e isso já pode ser um fator de risco-, explica Vargas.

No site do Senado Federal está em andamentos uma enquete para saber a opinião da população sobre o assunto. Até à tarde da segunda-feira, 21.647 pessoas tinham votado no -Sim- e 3.400 no -Não-.

 

http://www.radioculturaam1260.com.br/noticias/noticia/geral/presidente-do-sindicato-rural-fala-sobre-a-proposta-dos-moradores-da-zona-rural-poderem-adquirir-arma-de-fogo/4690

 // confira outras notícias
 // comentários

© 2018 - FlashSB - Levando São Borja para o mundo!
João Manoel, 2600 - Centro - São Borja / RS
Telefones: (55) 3431- 3960 / (55) 9 9962-1270
Desenvolvido por Index1